Por uma vida mais saudável

terça-feira, junho 16, 2015 | Postado por: Paloma Inácio

Olá, gente linda. Bom, primeiramente, ando sumida, eu sei, desculpem meus queridos, mas não estava encontrando tempo para me concentrar e criar posts. Para não fazer algo rápido e sem capricho preferi não fazer nada. Mas eu sei que vocês me perdoam, certo?! Então vamos falar coisas boas!


Hoje eu trouxe um assunto que me interessa muito, procuro sempre pesquisar sobre hábitos saudáveis, e alimentação ‘limpa’. E o motivo dessa procura por uma rotina mais leve é o fato de que sempre fui uma criança ‘gordinha’. Uma adolescente com sobrepeso, e isso acabou trazendo alguns problemas para minha saúde. Sempre tive anemia (por comer muito, porém errado) e gastrite, então, em 2013, com ajuda do meu *noivo lindo* busquei recuperar o tempo perdido.

Pesava em torno de 70kg (1,58m a minha altura) e cheguei a 52,8kg. Em manequim fui dos 44 para o 36/38, não ‘trinquei’ minha barriga (como a Gabi Pugliesi kkkk), mas tenho aprendido a me aceitar (e isso é o mais importante viu?! ;)). Agora vem a parte delicada da situação toda. Bom, quando estava pesando em torno de 54kg, eu fazia academia cinco vezes por semana. Esse ano, como tenho feito curso pré-vestibular online todos os dias a noite, acabei não conseguindo me reprogramar e me exercitar, o que acabou pesando literalmente no meu corpo kkkk. Essa semana quando me pesei estava com 56kg, sinceramente?! Isso não me deprime, pois vejo pelo lado de não ter me descontrolado tanto, e esse é um dos motivos de fazer esse post, me lembrar de fatores que me ajudaram, e que espero, de alguma forma, que inspirem vocês. 




Chega de vergonha alheia, não?! Sempre evitei postar fotos de 'antes e durante'. Sintam-se privilegiados (ou não kkkk). Bora pras dicas?!

 ♥ Exercite-se

Sim, parece clichê, mas é mais pura verdade, o corpo sedentário deixa a pessoa mais propicia a doenças cardiovasculares, obesidade, hipertensão, sem contar que o exercício traz disposição e energia. Vamos acelerar esse metabolismo povo (‘ouviu, dona Paloma?’ kkkk), meros 30 minutinhos diários já ajudam, e muito!

 ♥ Acelera isso aí

Falando em metabolismo (que é a forma que o nosso organismo processa as calorias), insira no seu cardápio alimentos termogênicos, como: Chá verde (o consumo ideal é sem açúcar, mas, para quem não consegue, pode pingar umas gotinhas de adoçante, ou mascavo), canela, gengibre, pimenta vermelha e fibras naturais.

 ♥ Quanto mais integral, melhor

Ah, como as fibras podem fazer ‘milagres’ ao nosso corpo *o*, por serem insolúveis mantém a saciedade por mais tempo, melhoram a microflora intestinal, sem contar que são fundamentais para uma boa absorção dos nutrientes.

 ♥ Team natureba

Cuidado com os rótulos light/diet. Na maioria das vezes contém doses excessivas de adoçantes e sódio. A melhor escolha sempre será alimentos naturais, como frutas, oleaginosas, sucos integrais, com aquele bom e velho: Faça você mesmo!

 ♥ Água, água e mais água

Não, eu não estou esquecendo o ingrediente indispensável para melhorar a saúde. Hidrata os tecidos, protege órgãos e tecidos, transporta oxigênio e nutrientes para as células, regula temperatura do corpo, auxilia o funcionamento dos rins e fígado, ajuda a dissolver os nutrientes. Ufaaaa. Como não amar?!

 ♥ Substituições inteligentes

Sem radicalismos, o ideal sempre será sua reeducação, aprender a comer certo. Dietas como da proteína ou da sopa, por exemplo, podem até ocasionar uma perda de peso rápida, mas ao sair da dieta e voltar a alimentar-se com o que está acostumado inevitavelmente o peso também volta kkkk.

 ♥ Confie em um profissional

Por último, e talvez o mais importante, invista sempre em um nutricionista, pois apenas ele estará apto para formular um cardápio com cada nutriente e vitamina que seu corpo precisa! (nem tudo se resume em frango com batata doce baby kkkk).


Ufa, falei demais, eu sei, pretendo voltar a usar o aparelho de ginástica que tenho em casa, controlar bem a alimentação, enfim. Espero que tenham gostado dessa proposta de falar sobre saúde e afins, e conte-nos como anda a alimentação de vocês? Alguém ai também teve problemas com a balança?! Deixa nos comentários, é uma delicia saber a opinião de vocês.

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM DE

0 comentários

Facebook

Twitter