Madeixas cinza, sim ou claro?!

terça-feira, maio 12, 2015 | Postado por: Paloma Inácio

Gente linda do BRAZEEEL, hoje o post é sobre uma tendência que tem chegado com bastante força e, literalmente, feito a cabeça das fashionistas. HAHAHA.


Antes de qualquer coisa, um desabafo:
Venho por meio desta informar que estou muito 'hashtag chateada' com a vida, ano passado eu descolori meu cabelo esperando o tom branco, quando sai do salão, a cor estava linda, mas ai chegou a manutenção que tornou-se minha luta semanal, ele ficava com duas cores; amarelado ou ,quando matizava, chumbado. Ficava mega estressada porque nunca chegava ao tom EXATO que eu esperava, sem falar que meus fios são finos e particularmente não tenho muito tempo, e nem paciência, para tratar certinho do cabelo, o que acabou danificando os fios. Foi então que pintei com 8.1 para chegar ao tom natural dele, dando fim ao meu drama capilar. Até que chega 2015 lindo com essa tendência de cabelos chumbados, ou seja; eu estava na moda sem saber, kkkkkkkkk. Brincadeiras a parte, eu estou bem feliz com o tom que está meu cabelo, no começo de abril eu pintei com 6.1, pois desbota e fica bem próxima a minha raiz, que é loiro escuro acinzentado.

(Esse boy magia é meu noivo Luiz *----*)

Essas fotos mostram como estava meu cabelo durante o processo de tentar deixar branco (na foto não mostra tanto, mas estava bem ‘azul’ nesse dia, tanto que sai com amigas da faculdade, que não encontrava fazia tempo, e elas agiram tipo "Paloma, por que seu cabelo está azul?!"). Enfim, não foi uma experiência legal pra mim, sem contar que quando eu fui retocar a raiz não ficou o mesmo tom do comprimento. (De vez em quando me bate saudade, mas lembro-me do drama todo e TCHANÃM, passa a vontade na hora).

Ops, este post ficou mais pessoal do que imaginei, mas enfim. A partir da minha experiência posso dizer que esse tom CINZA, que é tendência, não é tão complicado a manutenção como o branco que eu queria.

O processo para chegar ao cinza é basicamente esse:

  • Descolorir ao máximo, até o branco mesmo.
  • Após isso, será necessário passar uma coloração. Como há vários tons acinzentados, mostre uma foto ao profissional, uma foto para que ele saiba qual tinta usar (em geral são usados 8.11 ou 9.11).

Um item indispensável é o matizador, e produtos especializados em loiros. Eu usava a linha Magic Color.

Ufaaa, falei demais, mas ainda não acabou! Separei fotos de acinzentadas incríveis para te inspirar (sei que reclamei bastante do cabelo, mas gente, minha intenção não é desmotivar ninguém, apenas expor minha experiência! O importante é sempre balancear, e pensar bem, antes de radicalizar). Confiram alguns #grannyhair (a tendência já tem direito até a hashtag no instagram):







Cabelos lindos de morrer, não?! E aí?! Já tem o cabelinho da vovó?! Está pensando em pintar?! Queremos saber! Deixem seus comentários, beeeeeeijos.

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM DE

2 comentários

  1. Paloma, passei pelo mesmo que tu. Hahahaha ano passado descolori todo meu cabelo (caguei todo meu cabelo) pra chegar no quase branco. Ficou lindo, estiloso, mas por mais que eu tenha investido em produtos específicos pra cuidar dele, ficou muito ressecado. Ele ficou mega fino, quebrado e sem movimento. Essa cor é maravilhosa, mas requer ousadia e paciência pro fio voltar a ficar como uma seda. Eu pintei o comprimento da cor da minha raiz, cor natural, e sou muito mais feliz hahahaha Post inspirador. Amei. Beijossss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Priii!! Eu aguentei um período de 4 meses mais ou menos, mas eu passei MUITO stress matizando, kkkkk acabei desistindo! No momento estou tentando deixar ele na cor natural!!! Beijos

      Excluir

Facebook

Twitter